h1

O modernismo de Tarsila do Amaral

setembro 10, 2011



Uma das artistas brasileiras que mais admiro é a pintora paulista Tarsila do Amaral. Nascida em 1886, no município de Capivari, em São Paulo, com uma fomação acadêmica muito sólida, a pintora é considerada um dos ícones da arte brasileira neste século e uma das expoentes do movimento modernista brasileiro, que a partir de 1922, com a Semana de Arte Moderna, incorporou na arte brasileira tendências culturais e artísticas lançadas pelas vanguardas europeias, como o Cubismo e o Futurismo. Em 1928, Tarsila pintou o Abaporu, quadro a óleo batizado pelo poeta Raul Bopp e por Oswald de Andrade (seu namorado na época), e que inspiraria o Movimento Antropofágico. Vinculada ao modernismo, a Antropofagia queria deglutir, engolir a cultura européia, que era a cultura vigente na época, e transformá-la em algo bem brasileiro. O Abaporu, que segundo a artista era uma representação dos monstros das histórias que as amas negras contavam para ela em sua infância, é a mais valorizada tela brasileira do mundo, tendo sido adquirida em 1995 pelo valor de U$ 1,5 milhão pelo colecionador argentino Eduardo Constantini. Tarsila morreu em 1973, aos 87 anos de idade. Acima e abaixo vocês veem algumas obras de Tarsila, com destaque  no alto para o Abaporu e para o auto-retrato da artista. Para conhecer melhor o trabalho dela, acessem o site oficial clicando aqui.


About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 190 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: